8 banheiros pequenos para todos os gostos

Selecionamos lindos ambientes com acabamentos que vão das preferidas pastilhas aos inusitados materiais que imitam outros revestimentos. Inspire-se

PARCERIA RETRÔ

(Luis Gomes/Minha Casa)

O ar antiguinho deste projeto foi conquistado graças ao casamento do porcelanato com aparência de ladrilho hidráulico no piso (similar: Oxford Deco, da Biancogres, de 60 x 60 cm. C&C, R$ 33,90 o m²) com os subway tiles – os famosos azulejos das estações de metrô europeias – (modelo Metro White, da Eliane, de 20 x 10 cm. C&C, R$ 42,90 o m²), que cobrem todas as paredes até a altura de 1,80 m. A cortina de plástico transparente protege a área seca dos respingos e garante que a composição fique à mostra.

TRIO DE PASTILHAS

(Edu Castello/Minha Casa)

Estas pecinhas são o sonho de consumo de muita gente que pensa em mudar a cara do banheiro. Aqui, a arquiteta paulistana Gina de Paulo, do Idea Estúdio, abusou das pastilhas de vidro, aplicando-as em três tons diferentes. O rosado reveste a alvenaria atrás da pia e o boxe, o verde sobe até 1 m da parede lateral, e o branco cobre o chão (todas da Colortil, linha Cristal, de 30 x 30 cm). Referências: verde L30 (R$ 14,99), rosa JAA148 (R$ 22,90) e branco CM80 (R$ 16,99). Preços por placa, na Leroy Merlin.

PLOTAGEM É UMA BOA!

(Aluizio Gomes Accioly Filho/Minha Casa)

Se você não topa encarar o quebra-quebra, um adesivo plotado que imita um mosaico de pastilhas pode ser uma opção econômica e prática. A sugestão é da arquiteta Rafaella Hardman, de Aracaju. Para valorizar este banheiro, ela encomendou a estampa a uma empresa especializada (Vinil Decor, R$ 220). A colocação durou uma hora e incluiu silicone no contorno de toda a parede e da janela, para evitar o descolamento, e um verniz impermeabilizante por cima do acabamento.

CONTRASTE DE MATERIAIS

(Luis Gomes/Minha Casa)

As pastilhas de vidro verde (ref. CM55, linha Cristal, da Colortil. Vc Construttore, R$ 15 cada placa de 30 x 30 cm) levantaram o astral do ambiente, que tinha apenas azulejos brancos. Para esquentar o clima, os moradores decidiram que a madeira seria a parceira perfeita, porém o material natural não é uma boa pedida para áreas molhadas. Assim, a saída foi apostar no porcelanato com essa aparência, que pode ser aplicado dentro do boxe (modelo Colonial Natural, da Porto Ferreira, de 52 x 52 cm. Sodimac, R$ 56,90 o m²).

COLORIDO SUAVE

(Divulgação/Minha Casa)

Não tem como errar com esta combinação: pastilhas no boxe e tinta epóxi no restante da área. Aqui, a designer de interiores Solange Guerra, de São Paulo, investiu nas pecinhas de vidro translúcido (similar: Mini-01, linha Mondrian, da Colortil. Leroy Merlin, R$ 25,90 a placa de 30 x 30 cm) e na pintura lilás (cor Sussuro, ref. C402, da Suvinil. Tintas MC, R$ 179 o galão de 3,6 litros). O piso leva porcelanato bege (Sensitive Fendi, da Eliane, de 60 x 60 cm. Leroy Merlin, R$ 49,90 o m²). O resultado é uma atmosfera relaxante.

ALTAS DOSES DE MADEIRA

Quando o banheiro atua também como lavabo, é preciso caprichar ainda mais nos acabamentos. O arquiteto Daniel Tesser, de São Paulo, decidiu separar visualmente a área de banho, destacando-a, e apostou em dois tipos de porcelanato que imita madeira (Life HD BE Hard Deck, de 45 x 90 cm, e Life HD BE Ret, de 22,5 x 90 cm, ambos da Portinari. Firenze Revestimentos, R$ 100 o m²). Do lado de fora, escalou o mesmo material, só que com aparência de pedra nobre (Travertino Bianco, da Portobello, de 45 x 45 cm. Portobello Shop, R$ 142,90 o m²).

EFEITO CONCRETO

(Célia Mari Weiss/Minha Casa)

Vedete dos projetos moderninhos, o cimento queimado tem forte apelo estético, mas dá um trabalhão para aplicar e manter. A alternativa encontrada pelo arquiteto Marcelo Lessi, do Estúdio 405, de São Paulo, foi o uso de um porcelanato com esse visual (Broadway Lime, da Portobello, de 60 x 60 cm. Telhanorte, R$ 62,90 o m²), assentado no piso e nas paredes. O toque de cor vem das pastilhas de porcelana (da Jatobá, ref. JD4716, cor Verde Macau, de 2,5 x 2,5 cm. Cassol Centerlar, R$ 109,90 o m²), colocadas dentro do boxe.

CLÁSSICO PRETO E BRANCO

(Julio Soares/Minha Casa)

A base é branquinha (cerâmica White Plain Lux, da Portinari, de 29,8 x 60,1 cm. Leroy Merlin, R$ 31,90 o m²) e detalhes saltam em preto (pastilhas de 5 x 5 cm, da Atlas. Waltek, R$ 95 o m²), contornando o banheiro e realçando o projeto da designer de interiores Letícia Laurino Almeida, de Caxias do Sul, RS. O gabinete e as louças (cuba similar: de mármore sintético, de 46,5 x 36,5 cm. Sincenet, R$ 349) repetem o preto, dando personalidade. Para o piso, porcelanato cinza (Urban Tartan, da Portinari, de 60 x 60 cm. Balaroti, R$ 86,02 o m²).

*Preços pesquisados em setembro de 2016.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s