Apartamento pequeno: assimetria que dá bossa em 34m²

Os móveis desalinhados e os recursos nada convencionais, somados às cores marcantes, fazem deste pequeno notável um cenário de pura inspiração

A planta deste apartamento-modelo de um empreendimento da Benx Incorporadora tem metragens pra lá de reduzidas e surpreende pela distribuição inteligente, que abriu espaço para alocar dois dormitórios! Mas desafio pouco é bobagem para as arquitetas e irmãs Priscilla e Daniella Barros, do escritório DP Barros Arquitetos, em São Paulo. A dupla foi além e assina um projeto de decoração pontuado por diversas soluções criativas. “Buscamos inspiração na desconstrução das formas geométricas, que podem ser observadas principalmente nos móveis de formatos irregulares”, aponta Priscilla. A ideia foi tornar funcional cada cantinho do imóvel, acrescentando toques de cores fortes que capturam os olhares. “Em lugar do que inicialmente nos parecia um layout difícil de ser resolvido, hoje vemos áreas bem desenhadas que possibilitam o desempenho de todas as tarefas de uma família com conforto”, acrescenta Daniella.

Neutros, mas sem monotonia

º Unidos, jantar e cozinha seguem a mesma linguagem visual, a começar pelo piso de porcelanato. “Materiais diferentes segmentariam os espaços”, diz Daniella. Outro destaque é a madeira, que não se restringe aos móveis – note que o painel de MDF (Louro Freijó, da Masisa) cria um canto elegante para a área de serviço ao fundo.
º A mesa, também de freijó, exibe uma faixa cinza laqueada, que se integra à fina prateleira metálica da cozinha (Martam Serralheria, R$ 1 800). “A peça dá movimento e cria pontos de apoio”, fala Priscilla.

º Os armários branquinhos chamam a atenção pelo desalinhamento dos módulos aéreos (de MDF laqueado, Marcenaria Carvalho, R$ 5 172).
Refletir, colorir, iluminar!

º A tinta passou longe da decoração: para a maioria das paredes, as arquitetas escalaram papel, madeira e, no caso do estar, espelhos – uma estratégia sempre bem-vinda para criar amplitude.
º Quebrando a monocromia, o azul entra com força total no sofá de linho (ref. Ink Áustria 427, de 1,84 x 0,80 x 0,72 m*. Inkasa, R$ 2 556), nas almofadas e nos quadros.

º Moderna e eficiente, a iluminação com spots (ref. 8595208, da Altena. Yamamura, R$ 83 cada) em trilhos (ref. 8533105, de 1,50 m, da Altena. Yamamura, R$ 119,90 cada) permite o direcionamento manual dos focos de luz.
º Em todos os cômodos, a indicação é usar portas de correr, que poupam uma área valiosa.
Soluções inusitadas se destacam

º De MDF entalhado, a cabeceira (2,75 x 1,20 m) do quarto do casal foi desenhada pelas arquitetas. O armário espelhado multiplica a área.

ºJá no quarto de solteiro, o sofá-cama tem vão iluminado com função decorativa. Repare no revestimento da meia parede: são placas perfuradas por onde passam barbantes. O guarda-roupa aberto sugere amplitude.

º No banheiro, a tradicional bancada dá lugar à cuba esculpida em aglostone, um mármore industrializado. E as formas geométricas seguem por aqui: nichos azuis (Martam Serralheria, R$ 250) apoiam produtos no boxe, e as toalhas são estendidas em quadriláteros metálicos.

(Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s