Apartamento pequeno estiloso e com ambientes integrados

São apenas 35 m², mas este apê tem tudo o que é preciso para um dia a dia prático e organizado. A integração dos ambientes faz o espaço render

Comprado na planta por um casal que pretende alugá-lo, este apê paulistano passou por uma reformulação completa a cargo das arquitetas Beatriz Ottaiano e Daniele Okuhara, do escritório Doob. Se engana quem pensa que os proprietários cogitaram a criação de ambientes básicos a fim de agradar gregos e troianos. “O pedido foi categórico: espaços multifuncionais e uma proposta estética bem moderna”, diz Beatriz. Prova de que decoração sem personalidade não tem mais vez – nem mesmo quando o imóvel ainda não tem morador.

União que faz a força

º O piso cerâmico que cobria a cozinha foi substituído pelo revestimento vinílico que agora comparece em todo o apê, exceto na área de serviço e no banheiro. “É um material com resistência a umidade, mas não pode ser submergido, sob o risco de descolar do contrapiso”, explica Daniele.

º Sem deixar o visual pesado, a marcenaria aproveita cada cantinho. De MDF laminado, as peças combinam um padrão amadeirado com cores descoladas (cinza Prattan e azul Petróleo, da Formica).

º Fixada em um suporte giratório, a TV pode ser movimentada a 180° e vista por quem está na cama ou no sofá.
Mais sala e mais luz? É pra já!

º A integração da varanda abriu espaço para um sofá-cama. “A porta foi removida, e a moldura de alvenaria que a circundava foi demolida até encontrarmos os pilares. Depois, nivelamos o piso com o restante do imóvel e envidraçamos a antiga abertura”, detalha Beatriz.
º Entre a sala e o quarto, a sutil divisão é feita por uma parede de elementos vazados (da NeoRex. Leroy Merlin, R$ 38,90 cada peça de 39 x 39 cm).
Sofá e poltrona
Buzz, cinza, revestido de algodão; e String, amarela, de aço com fios de PVC trançados. Tok&Stok, R$ 2 590 e R$ 748, nessa ordem
Foco no relax e na economia

º Bastou um pouco de tinta para delimitar o espaço do dormitório. Enquanto as demais paredes receberam o cinza Estanho Polido (veja nas fotos que abrem esta matéria), a superfície atrás da cabeceira ganhou o Azul Porcelana – ambos da Coral.

º No banheiro, os acabamentos de aparência neutra entregues pela construtora foram mantidos: tudo para evitar gastos desnecessários. Com o intuito de valorizar a área, entraram em cena itens de marcenaria, espelho e box de vidro.
Gabinetes
De MDF com acabamento em laminado branco: inferior (70 x 75 x 55 cm*) e superior, com iluminação embutida (0,45 x 1,39 x 0,25 m). Marcenaria J Carlos, R$ 1 775

*Largura x profundidade x altura. Preços pesquisados em abril de 2017 , sujeitos a alteração.

(Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s