Apartamento pequeno: soluções simples fizeram render cada centímetro

Móveis e acessórios carregados de valor afetivo, além de truques para aproveitar bem o espaço, deixaram o apê de 38 m² charmoso e aconchegante

“No meu último aniversário, consegui acomodar 14 pessoas sentadas na sala!” O feito, narrado com orgulho pela arquiteta Isabel Amorim, ilustra bem o sucesso do projeto que ela comandou no enxuto imóvel onde vive há três anos com o marido, o psicólogo Tiago Lavrini, na capital paulista. Determinada a criar um espaço convidativo para as reuniões com amigos e familiares, que o casal tanto curte, ela lançou mão de um engenhoso plano que eliminou qualquer sensação de aperto e ainda fez mais: encheu o local de calor e afeto.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Desenhada por Isabel, a peça que percorre toda extensão da sala é de MDF, com tampo e encosto texturizados e base laqueada. Multiúso, atua como rack e banco e ainda ajuda na organização, oferecendo gavetões, nichos e adega.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Na mesa de jantar, originalidade e esmero. “Fiz uma parceria com meu sogro, que tem na marcenaria seu hobby. Para confeccionar a base, aproveitamos um tronco de árvore trazido do sítio da família. O tampo é de vidro temperado”, conta a arquiteta.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º A parede de tijolinhos remete à origem mineira da mãe da moradora – um recurso para aquecer e evocar lembranças. Receita muito bem temperada.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º No piso, o porcelanato que imita madeira (Canela Dourada Natural AC, 1,20 x 0,20 m, da Portobello. C&C, R$ 117 o m²) traz aconchego à cozinha. Nas paredes junto à pia e atrás do fogão, a cerâmica com visual de ladrilho hidráulico (Ladrilho Mediterrâneo AC, 60 x 60 cm, da Ceusa. Leroy Merlin, R$ 113,90 o m²) confere charme ao pedaço.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Um quadro de recados pra lá de original: a placa de MDF pintada de preto ganhou uma moldura laqueada com prateleira e barra integradas.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Na lavanderia, a laje de concreto apoia a lavadora de roupas, abrindo espaço para cesto e lixeira. Ala íntima espaçosa e confortável.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º A porta do banheiro mudou de posição, e o modelo convencional foi substituído por um de correr com trilho e roldana aparentes. Ela ainda foi revestida de tecido estampado e decorada com um espelho.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Graças a essas medidas, foi possível ampliar a pia, que ganhou uma vistosa bancada de madeira angelim-pedra, impermeabilizada com seladora e verniz. Abaixo dela, nada de gabinete – afinal, por que desviar o foco?

(Luis Gomes/Minha Casa)

º A comodidade na hora da leitura ou da sessão de cinema está garantida com a cabeceira estofada e revestida de linho. O pesponto deixou a peça com visual elegante.

(Luis Gomes/Minha Casa)

º Três em um, o móvel sob a janela, feito sob medida, é, ao mesmo tempo, baú, sapateira e mesa de trabalho – nesse último trecho, a cadeira de design marcante se encaixa no vão, revestido de espelho.

º O cuidado com a circulação foi seguido à risca. No painel da TV, as duas prateleiras integradas ficaram com 20 cm. “O bastante para apoiar pequenos itens sem avançar além da conta”, diz.

*Preços pesquisados em fevereiro de 2017.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s