Bom projeto foi capaz de acabar com o aperto desse apartamento

O layout original não colaborava, a distribuição de espaços foi repensada, a circulação melhorou e os tão sonhados closet e banheira encontraram seu lugar

A localização estava definida: a jornalista Raquel de Rhamá Lemejá, do Rio de Janeiro, apaixonada pelo charmoso bairro de Santa Teresa, decidiu comprar seu primeiro imóvel ali. Quando encontrou este apartamento antigo, de medidas enxutas, foi correndo até a ala íntima para ver se o espaço comportaria um closet e uma banheira. Com mil ideias na cabeça, logo fechou o negócio e convocou a arquiteta Alessandra Souza para colocar seus desejos no papel e comandar as transformações. 

A profissional se valeu de marcenaria para integrar sala e cozinha, bolar um canto de refeições com bar, esconder o pilar estrutural que atrapalhava o planejamento do estar e criar um miniescritório no quarto, entre outras coisas.  Já para formar o closet e separar o banheiro da suíte, usou simplesmente uma divisória de drywall.  As soluções não guardam grandes segredos, e os resultados são surpreendentes: as áreas parecem  maiores, e os cômodos recuperaram sua juventude, representando o jeito de viver da moça.

Otimização é a palavra de ordem!

❚ Unir ambientes é sempre uma boa pedida para pequenos apartamentos. Aqui, a criação de uma cozinha americana teve apelo ainda maior: como Raquel mora sozinha, ela abriu mão de uma mesa de jantar, ficando apenas com o grande balcão, o que permitiu explorar ao máximo a área com armários e deixar a sala mais livre.

❚ A meia-parede é um pouco mais alta do que o convencional para que a torneira, do outro lado, não fique à vista. E toda a estrutura foi planejada com marcenaria: MDF no padrão cerezo recobre a alvenaria, onde foi fixada uma bancada de 1,70 x 0,45 m. Acima dela, outra estrutura faz as vezes de bar, com nichos para bebidas e prateleiras que suspendem taças.

❚ Foi preciso bolar um atrativo para que a cozinha pudesse se exibir: Alessandra revestiu uma superfície inteira com pastilhas amarelas, que trazem luz e personalidade.

❚ Drywall foi a solução rápida para esconder a área de serviço que era totalmente integrada – a divisória foi pintada de branco e tem a mesma aparência de uma parede.

Layout modificado

❚ Para integrar sala e cozinha, a parede foi parcialmente demolida e agora abriga uma bancada de refeições (1).

❚ Com a instalação de uma divisória de drywall, formou-se um corredor (2) que dá acesso ao quarto e ao banheiro, agora separados. Pelo lado de dentro do dormitório, a área delimitada por essa estrutura virou um closet (3).

Pilar não é problema!

❚ Um elemento estrutural da construção localizado no meio do caminho atrapalhava os planos de posicionar um móvel para a TV. Mas não é que Alessandra soube tirar proveito da situação? Desenhou uma marcenaria que abraça a coluna, disfarçando-a e ocultando a fiação da TV. Nas laterais, ainda couberam nichos decorativos. A fim de criar unidade visual, aparece aqui o mesmo padrão amadeirado da cozinha.

❚ Logo em frente,  o sofá de três lugares está a 1,50 m, distância suficiente para a boa circulação. Ao lado do estofado, a profissional encontrou um cantinho onde viu a possibilidade de ganhar mais uma opção de assento. Mandou confeccionar um banco  de alvenaria (2,14 x 0,42 x 0,40 m*), com o mesmo acabamento. E, sem pensar duas vezes, aproveitou para usá-lo também como baú – duas portas de correr disfarçadas acessam  o interior da peça.

❚ O piso original foi mantido. Os tacos de madeira estavam em ótimo estado, e bastou investir em uma aplicação de verniz.

Finalmente, a banheira!

❚ Sonho de consumo de Raquel, a construção da banheira pediu atenção especial. O primeiro passo foi certificar-se de que a estrutura do prédio suportaria o peso. Com essa garantia, a arquiteta fez o projeto e contratou uma equipe especializada para a execução.

❚ O novo elemento ocupa mais espaço do que o antigo boxe, por isso Alessandra foi em busca de uma solução para otimizar a área. Roubou alguns centímetros das paredes: as alvenarias eram grossas – 25 cm  de espessura – e, com os cálculos estruturais na mão, a arquiteta viu que poderia reduzir a medida para 7 cm, liberando valiosos 18 cm!

❚ A sensação de amplitude vem de uma paleta neutra e de um grande espelho sobre a bancada. “Para obter um ar mais sofisticado, especifiquei pedra para os acabamentos de pia, banheira e algumas superfícies. Optamos  pelo granito branco itaúnas, que é bonito  e resistente”, afirma  a profissional.

Jogo de esconde

❚ O único banheiro do apartamento era o da suíte, ou seja, ficava dentro do quarto. A fim de evitar a perda de privacidade ao receber visitas, Raquel pediu à arquiteta um novo acesso. Para isso, foi instalada uma parede de drywall, paralela à do banheiro, deslocando a entrada do dormitório para frente. Assim, formou-se um novo corredor de circulação – ele ainda resultou na criação de um dente pelo lado de dentro do ambiente, onde Alessandra projetou o closet. Repare que a nova porta de correr tem dupla função: quando aberta, permite a entrada no quarto e resguarda o canto de vestir. Fechada , isola o cômodo,  que se integra ao closet.

❚ A marcenaria é o ponto alto do projeto. Aqui, foram feitos sob medida  a cabeceira com criados,  o miniescritório, um maleiro no forro sobre a porta e armários fechados, com frentes espelhadas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s