Fundos da casa dos pais se transformou em lar de 60 m²

De pinturas especiais a um sofá-cama de blocos de concreto, quase tudo foi feito pelo jovem casal

Foi preciso reparar as partes elétrica e hidráulica, pintar as paredes e trocar o forro e o piso do segundo andar antes de se mudar. “Daí, fui comprando as coisas de que gostava, sem pensar se combinavam ou não”, conta Day Fernandes, de Belo Horizonte. Um ano e meio depois, ela e o noivo, Marcelo Esberard, ambos designers gráficos, resolveram morar juntos, o que motivou a construção de um segundo quarto. Durante esse tempo, Day apurou o gosto para a decoração, e o cantinho conquistou mais estilo.
Tudo em ordem e no capricho

º Centro das atenções na cozinha, a cristaleira vermelha foi feita sob encomenda (Renovar Retrô, R$ 1 200).

º Ao lado dela, panelas e eletros se exibem em duas estantes (Julian, 0,67 x 0,35 x 1,08 m*, de aço. Etna, R$ 299,90 cada), enquanto xícaras e miudezas ocupam os quadros com prateleiras.

º A bancada de granito verde ubatuba conta com duas luminárias (Markslojd Ekelund. Etna, R$ 399,90), que pendem do forro – este é de PVC, resistente a infiltrações.
º A parede principal recebeu esmalte preto fosco e, então, frases e desenhos feitos por Marcelo e um amigo.
Visual clean com toque de verde

º Construída com drywall, a peça que agrega painel e rack foi revestida de tijolinhos de isopor. Marcelo e Day cortaram as plaquinhas com estilete, depois as desgastaram e arredondaram com ferro de solda, fixaram com cola para isopor e pintaram – para isso, seguiram um tutorial visto no blog Homens da Casa.

º No jantar, o destaque é a luminária, criada pelo casal com lâmpadas variadas e que ainda ganhou a companhia de um vasinho pendente. A mesa e o banco (New Forest, no padrão Canyon/Preto. Etna, R$ 799,90 e R$ 399,90 nessa ordem) mais as cadeiras Eames (Ecadeiras, R$ 189,90 cada) formam um conjunto elegante e, ao mesmo tempo, descolado.

º Apaixonado por plantas, o pai da moça a presenteou com os cactos, que trazem ainda mais charme ao ambiente.
Trabalho, visitas e… felinos!

º Como permitia instalação sobre a cerâmica existente, o piso laminado (Durafloor Ritz, padrão Peroba Gris, da Duratex) foi a opção de Day para a casa toda.

º O escritório é também quarto de hóspedes. Encapado de couro falso, o colchão de solteiro fica sobre base formada por 30 blocos de concreto (19 x 19 x 39 cm cada). “Não usamos argamassa nem cola. Para não danificar o laminado, cobrimos o piso com papelão, que logo substituiremos por tapete emborrachado”, diz a moça.

º Embora tenham sua própria cabaninha de tecido, os gatos Leninha, Zidane, Peppa e Gaia gostam mesmo é dos caixotes empilhados!

Veja também

*Largura x profundidade x altura. Preços pesquisados em abril de 2017 , sujeitos a alteração.

(Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s