Final feliz: bica na parede

“Queria algo autoral em minha casa”, diz a publicitária Leila Raso a respeito da fonte em seu sobrado de vila. Ceramista nas horas de lazer, Leila criou o revestimento colorido que embeleza o cantinho. “Pintei as pastilhas cerâmicas com tinta orgânica, queimei e colei na base.” A água cai de uma bica na parede de tijolos patinados. “O som alcança todos os espaços voltados para o quintal, trazendo sossego”, conta. “Não dá para ter paz apenas quando vamos para a praia, não é mesmo? A busca do equilíbrio deve ser diária.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s