2 ideias criativas de jardim vertical

O sonho de viver cercado de plantas também pode ser realizado por quem dispõe de pouco espaço em casa ou no apartamento. Estes dois projetos de jardim vertical dão boas ideias para essa situação: ambos foram pensados para aproveitar os cantos da varanda e do terraço banhados por luz natural. Construídos sem grandes gastos, eles são fáceis de copiar e manter.

Brincadeira de encaixar

❚ Neste refúgio de fim de semana em São Sebastião, SP, os engenheiros florestais Micael Rondon e Renata Meloni criaram um canteiro com espécies que exigem rega apenas uma vez a cada sete dias, como a chuva-de-ouro, o antúrio e a bromélia vermelha.

❚ Para criar a floreira inusitada em formato de escadinha, bastou sobrepor 28 blocos de concreto com dois furos (39 x 14 x 19 cm) – não há nenhum tipo de fixador entre eles! “A estrutura tem cerca de 1,50 m altura, o limite para uma montagem segura”, explica Micael.

❚ As peças sem plantas foram preenchidas com brita. Já as que servem de vasos tiveram o fundo perfurado e ganharam uma camada de pedriscos para drenagem, além de terra vegetal.

Painel fácil, fácil

❚ A varanda compacta do jornalista Marco Antonio Araujo, da capital paulista, conquistou seu canto verde com o arranjo proposto pela jardineira Carol Costa.

❚ “Por serem resistentes ao vento, plantas como colar-de-pérola e chifre-de-veado ganharam lugar acima do guarda-corpo”, explica Carol. Os vasos próximos do chão, por sua vez, foram reservados às plantas que não toleram a exposição direta ao sol, a exemplo da peperômia e a tilândsia.

❚ O painel vertical foi feito com uma treliça de bambu (0,80 x 1,20 m) presa na alvenaria, sobre a qual foram fixadas placas de fibra de coco. A maior parte delas já veio com os vasinhos em meia-lua, do mesmo material (um exemplar de 40 x 40 cm, com dois vasos). Outras, porém, foram compradas lisas (1 x 1 m) e pediram a fixação de recipientes avulsos.

❚ Cuidar deste jardim não dá trabalho: as mudas receberam adubo de liberação lenta, que dispersa os nutrientes

aos poucos, durante um período prolongado – dessa forma, se mantêm sempre fortes e vistosas!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s