5 ideias criativas para o corredor

Quer dar um up no corredor, mas não sabe como? Veja as sugestões que separamos para você se inspirar

Neste corredor, a parede de tom claro não ganhou nenhum detalhe. Assim, a atenção fica com a coleção de toy art exposta em cubos translúcidos de acrílico.

“E pensar que, antes, isso aqui parecia um hospital: era uma brancura só”, brinca a blogueira Ana Medeiros ao descrever a área de 1,20 x 5,80 m – interligação de todos os cômodos da casa onde mora com o marido e o filho, em Gravatá, PE. Nesta reforma vapt-vupt, a moça fez valer o que ensina no blog A Casa Que a Minha Vó Queria, personalizando o espaço com criatividade e economia. “Começamos pelo lustre e fomos juntando ideias alegres. O que queríamos mesmo era reverenciar a cultura da nossa terra”, resume a pernambucana.

❚ O fundo do corredor, revestido com o mesmo papel de parede (Estampa Sombreiro, coleção Origens, Rosenbaum para Bobinex) usado na sala de jantar, tem um espelho bisotado com ramos de flores como ponto de atenção. “Comprei em uma loja de antiguidades e mandei reformar, mas algumas manchas foram mantidas”, diz a moradora.

O arquiteto Neto Porpino viveu em Nova York e fotografou a cidade. Gostou tanto do resultado que, ao voltar a São Paulo, selecionou quatro imagens para exibir no corredor de 90 cm de largura de seu apartamento. Ele criou as molduras de 40,5 x 40,5 cm com folhas A2 de papel-pluma branco – uma placa de isopor revestida de papel-cartão (Papelaria Universitária). “Com o estilete, recortei as lâminas no formato quadrado, o que facilita a composição de imagens verticais e horizontais. Pendurei cada moldura distante 4 cm das vizinhas”, explica. Leves, os quadros foram colados com fita dupla face de espuma (fita banana) a 1,60 m do piso. 

Para aproveitar a área de passagem com 93 cm de largura, a arquiteta paulistana Fernanda Dabbur escondeu na parede um roupeiro de MDF laqueado. Graças ao desenho limpo da marcenaria e às discretas cavas no lugar dos puxadores, o móvel – que guarda o enxoval de cama, mesa e banho – parece um painel. “Ele ajuda a fazer a transição entre o espaço social e o íntimo”, diz Fernanda. Vasos decoram o nicho de 45 cm de profundidade, iluminado por spots embutidos, com lâmpadas bipino de 20 W.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s