5 sugestões de quartos para criança e adolescente

Sejam pequenos ou já adolescentes, eles merecem ter um canto pra lá de caprichado, com espaço para o repouso, a curtição e o estudo. Do lúdico ao prático, os projetos a seguir são cheios de graça e personalidade. Pura inspiração!

PARA IRMÃOS

Foto Odair Leal (AM)

Compartilhado por dois irmãos de idades bem diferentes, este quarto em Manaus conquistou uma atmosfera lúdica e estimulante – além de muita comodidade! O maior desafio foi lidar com a significativa diferença de idade entre as crianças. “Procurei uma linguagem visual balanceada, que não fosse ingênua para o mais velho, nem sem graça para o menor”, afirma a arquiteta Karina Vieiralves. Como são raros os assuntos que agradam a ambos,a saída foi fugir de uma decoração temática – apenas referências a carros e futebol pontuam os acessórios. A identidade da área foi definida, principalmente, pelo uso das cores. O azul, que os irmãos adoram, foi mantido nas paredes, mas em uma versão mais suave e moderna (Azul Praia, da Coral). Sobre a base pastel, comparecem detalhes em vermelho e amarelo, dinamizando o conjunto. Eduardo, o caçula, não nega que é amazonense: o pequeno gosta mesmo é de dormir na rede!

REFÚGIO ENCANTADOR

O romantismo dá o tom no ambiente que a arquiteta gaúcha Cristiane Dilly concebeu para uma pré-adolescente. Todo branco, o mobiliário destaca a delicadeza de detalhes como o papel de parede (ref. 1706, da linha Infantário, da Bobinex) e o dossel (suporte Reto 2 Arabescos, 70 x 20 cm, e mosquiteiro de voal para cama de solteiro, com 8 m de largura. Arte no Pano Atelier). Já a charmosa escrivaninha provençal traz um espelho no tampo e atua também como penteadeira.

SONHOS DE BOLEIRO

 

O amarelo da cama – que, por ser alta, oferece espaço para guardar caixas organizadoras no vão inferior – forma uma bela dupla com o azul da parede (cor Splashy, ref. SW 6942, da Sherwin-Williams). A superfície ganha charme extra graças ao adesivo (modelo Jogo Futebol. Grudado). 

A paleta moderninha se destaca neste espaço criado pelas arquitetas Luciana Corrêa e Elaine Delegredo, de Santo André, SP. Em sintonia com o clima esportivo, o cabideiro acomoda bola e chuteiras.

REFORMA EM FAMÍLIA

A reduzida área do cômodo impedia que a estudante paulistana Júlia Navarro tivesse uma escrivaninha no quarto. Coube ao pai, o especialista em pintura de móveis Flávio Navarro, encontrar espaço para a bancada. A solução foi elevar a cama, cimentando-a na alvenaria e reforçando a sustentação com cantoneiras de ferro e cabos de aço chumbados no teto. 

Já a prima, a designer de interiores Mayra Navarro, propôs o tom berinjela (cor Festa da Uva, da Coral) para a parede, que recebeu ainda o ousado arranjo de molduras sem fotos.

FUNCIONAL E CHEIO DE CHARME

Tirar proveito da metragem também foi o objetivo da arquiteta Renata Cáfaro, de São Paulo, ao projetar este dormitório em um apartamento decorado. Criado como recanto para irmãs de 5 e 7 anos, o ambiente recebeu duas camas, uma delas suspensa, com acesso por uma escada fixa na parede. Integrados a esse leito ficam o armário, com portas de vidro de correr e iluminação embutida na parte inferior da cama, e a escrivaninha, que, para reforçar a atmosfera doce e feminina, recebeu acabamento em laca cor-de-rosa .

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s