Cozinha e lavanderia se transformam com novos revestimentos

Sem divisórias e com cores fortes, a sala se integra à cozinha e dá personalidade a este apartamento carioca

Refletir o vibrante cotidiano de uma família que vive na ponte aérea entre São Paulo e Rio de Janeiro. Este era o objetivo quando a engenheira Fatima Tatsuta e o administrador Marcelo Ozorio – junto com o pequeno Bernardo – decidiram reformar a cozinha de seu apartamento, recém-comprado na capital fluminense. Responsável pelo projeto, a arquiteta Adriana Victorelli, do escritório paulistano Neo Arq, resolveu a questão eliminando paredes e propondo um moderno mix de tons. “A inspiração foi o contraste entre o urbano de Sampa e o colorido do Rio”, explica.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

A derrubada de duas paredes na passagem entre os ambientes promoveu a integração da sala à cozinha – esta ganhou, ainda, luminosidade e amplitude. Além de prática, a mesa de refeições, que passou a marcar a fronteira entre os cômodos, tem visual leve graças à base de vidro temperado transparente. Os forros da cozinha e da sala foram refeitos a fim de embutir a iluminação e ocultar as tubulações de ar-condicionado e ventilação.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

Tonalidades sóbrias, aliás, guiaram a escolha da maioria dos revestimentos. A cozinha em preto e branco, no entanto, é emoldurada, de um lado, pela parede azul – cor escolhida por remeter ao clima praiano – e, do outro, no estar, pela roxa, tom que complementa a paleta. Reparou no rodapé preto? Ele apresenta os mesmos material e acabamento dos móveis da cozinha. Em conjunto com o porcelanato do piso, contribui para a unidade visual. A sanca que se vê na foto (à direita) se deve a uma viga – Adriana decidiu pintá-la de cinza e, com isso, assumir o elemento estrutural.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

 

Feita de granito, a bancada contínua integra cozinha e lavanderia e tira melhor proveito do espaço ao abrigar pia, forno, cooktop, lava e seca e tanque.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

O revestimento de azulejos decorados e o mobiliário planejado a acompanham e se estendem por toda a parede.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

A janela ainda deixa o ambiente bem iluminado, mas agora conta com persiana do tipo tela solar, que bloqueia os raios ultravioleta sem barrar a luz. De quebra, ajuda a reduzir a temperatura (1,15 x 1,30 m, Persianas Bella Bella).

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

A área de serviço foi a única que não teve o forro refeito, mantendo o pé-direito original de 2,91 m de altura. Desta forma, pôde acomodar o varal sem exigir malabarismos de quem entra ali.

 (Andre Marques/Fotonauta/Minha Casa)

Durante o quebra-quebra no trecho de divisória entre a sala e a cozinha, descobriu-se um cano que não constava nas plantas. “A solução foi envolvê-lo em drywall e voltar a ligá-lo ao restante da parede”, lembra a arquiteta. Para isso, o vão entre a alvenaria e o gesso foi preenchido com um elemento decorativo vazado, feito da mesma madeira da mesa.

Perder para ganhar

 (Alice Campoy/Minha Casa)

As duas divisórias retiradas delimitavam um pequeno quarto de empregada (1). Sem esse cômodo, o apê conquistou o espaço de jantar sem que o estar tivesse de ceder área. A parede que restou (2) apoia a mesa e ainda esconde a área de serviço (3).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s