Reforma integra cozinha à sala

A área social do apartamento foi toda renovada. Sala e cozinha unidas agora ganharam espaço para receber os amigos

Havia algo no desenho da cozinha que incomodava o jovem executivo de São Paulo em seu primeiro apartamento. Nem completamente aberto para a sala, nem fechado, o ambiente não favorecia aquilo que o morador tanto aprecia: receber os amigos. A sugestão da arquiteta Giselle Macedo e da designer de interiores Patricia Covolo foi unir as áreas e ampliar o conforto nos dias de casa cheia. Demolida a divisória, a cozinha avançou rumo ao estar e conquistou valiosos centímetros. “Virou um espaço gourmet, com marcenaria rústica e chique”, diz Patricia. No jantar, um banco em L, feito sob medida, e três cadeiras acolhem até sete comensais. Agora, é só convidar as visitas!
Espaço gourmet

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º Eliminar a parede entre a cozinha e a sala abriu lugar para uma bancada de madeira de demolição, que conta com gavetões, armário para louças e nicho para o micro-ondas. “Aproveitamos a extremidade vizinha à mesa de jantar para criar uma adega com 15 vãos”, conta Patricia. Na parede oposta, as posições da pia, do forno e da geladeira foram mantidas.
º Entre o tampo de granito preto são gabriel e os armários suspensos, um espelho provoca a sensação de profundidade. E o módulo com porta ripada esconde um segredo: o ar-condicionado.

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º A janelinha que deixava visível a lavanderia foi fechada, e a porta de alumínio, trocada por outra de madeira, igual às dos demais cômodos. Assim, a área de serviço ficou reclusa, propiciando um visual mais elegante.
º “Na iluminação, usando sancas no forro de gesso e luminárias embutidas, criamos diferentes cenários”, explica a designer de interiores. Dicroicas foram colocadas nos rasgos da cozinha e do painel da TV, enquanto a sanca central da sala recebeu dois exemplares de AR70.
O preto aponta para um visual mais masculino

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º Três cadeiras estofadas e revestidas de seda sobressaem à mesa de jantar. Para complementar o número de assentos, as profissionais desenharam um banco em L, de compensado laqueado. Abertos os tampos, descobrem-se os baús que armazenam jogos de mesa e almofadas.

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º Além do banco, o preto tinge itens marcantes do projeto, como o pendente e o rack, conferindo à ambientação uma dose extra de sobriedade.

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º Cinco minidicroicas de 35 w, embutidas em linha no forro, destacam a lona do artista paulistano Gustavo Rosa.
º O piso de tacão, em bom estado, foi preservado. Já na cozinha, entraram em campo placas de porcelanato de 1,20 x 0,60 m. As texturas no chão sinalizam os diferentes espaços da área social.
Projeto coordena três ambientes em 28 m²

 (João Ribeiro/Minha Casa)

º A cozinha era semiaberta, com uma meia-parede angulada (1). Ao derrubá-la, as profissionais melhoraram a circulação geral e ainda puderam dispor de uma mesa com mais lugares.

º No estar, essa mudança forçou a inversão dos postos da TV (2) e do sofá (3), que agora apoia-se contra a bancada com adega.
º O fogão foi substituído por um cooktop e um forno, ambos embutidos na bancada de granito da pia (4).

 (Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Sivonildes dos Santos

    Qual a cor parede da sala?

    Curtir