Apartamento: ideias certeiras para uma planta de 70 m²

Concebida com todo o cuidado para fazer os ambientes parecerem maiores, a decoração deste apê reúne dicas espertas, fáceis de copiar

O estilo clean e funcional domina a cena neste apartamento decorado de um empreendimento em Campinas, SP. “Tudo foi planejado para satisfazer, de modo confortável e sem desperdício de espaço, as necessidades de um casal com dois filhos”, explica a arquiteta Adriana Bellão, autora do projeto. Eleger poucos móveis e acessórios, privilegiando itens sóbrios, sem frufrus, foi o passo inicial. Em seguida, Adriana elencou pontos estratégicos para fazer valer a marcenaria planejada: criados-mudos sob medida, por exemplo, parecem mero detalhe, mas são a diferença em quartos compactos. Sobre a base neutra, toques de madeira e iluminação bem pensada – com a maior parte das luminárias embutidas no forro de gesso – asseguram a atmosfera acolhedora.
Quando menos é mais

 (Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

º A filosofia é de se evitar excessos: note que há poucos móveis, posicionados de modo a facilitar a circulação.
º As áreas social e de serviço são unidas pelo piso de porcelanato clarinho. Os quartos levam laminado.
Escolhas elegantes para as salas

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º Vários matizes de bege se harmonizam para compor a base suave. Um tom encorpado (Nectarina, da Suvinil) preenche a parede da TV.

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º Peças enxutas liberam as áreas de passagem: “O sofá mede apenas 0,90 m de profundidade, contra o 1,10 m dos modelos convencionais”, exemplifica Adriana.
Porcelanato
Crema Perla Polido (80 x 80 cm), da Portinari. Telhanorte
Sofá
Revestido de chenile (1,80 x 0,90 x 0,80 m*). Ambientare
Painel e rack
De MDF, medem 2,10 x 1,57 m e 2 x 0,45 x 0,40 m. Marcenaria Juliani
Marcenaria em L aproveita a quina
º Para fazer render os 5,20 m² da cozinha, a arquiteta desenhou armários em L: “Assim, pude ocupar o canto, que é quase sempre desperdiçado”.

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º Os gabinetes sob a bancada têm 1,90 x 0,65 x 0,71 m (perna maior do L) e 0,77 x 0,65 x 0,71 m (perna menor). Refrigerador e fogão ficam nas extremidades.
º Pensando na leveza geral, Adriana projetou peças aéreas um pouco menos robustas: elas seguem a largura dos módulos inferiores, contudo têm 35 cm de profundidade e 70 cm de altura.
º Em nome da praticidade, a composição oferece nichos abertos, que deixam acessíveis itens de uso diário.
º O visual moderno se revela em detalhes das portas basculantes: puxadores embutidos e vidro serigrafado na cor alumínio.
Armários
De MDF. Marcenaria Juliani
Tampo
De granito preto são gabriel. Fordinho Pedras Decorativas
Kit de bambu
Arpège

Cabeceira chique no quarto de casal e sacadas inteligentes nos banheiros

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º O painel que ocupa toda a largura da parede faz o papel de cabeceira, conferindo profundidade ao quarto. De MDF revestido de laminado no padrão linho, com frisos de alumínio, já foi desenhado com os criados-mudos suspensos.
º Sobre essas pequenas mesas de apoio, nada de abajur: Adriana preferiu uma luminária de leitura fixa e, portanto, à prova de esbarrões. A fiação fica embutida no painel.

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º A otimização do espaço deu as cartas nos banheiros. Na suíte, a cuba de semiencaixe pede uma bancada pouco profunda – esta tem 35 cm. No social, em vez de gaveta superior, o gabinete inclui uma abertura basculante. “Assim, aproveita-se a área logo abaixo da pia, apesar do sifão”, justifica.

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

Marcenaria
Painel da cabeceira (3,25 x 1,50 m), com dois criados-mudos. Marcenaria Juliani
Capa de almofada
Bordada, com 45 x 45 cm. Etna
Gabinetes dos banheiros
De MDF. Marcenaria Juliani
O espaço das crianças foi feito para durar
º Este ambiente tem tudo para que dois irmãos convivam numa boa durante muitos e muitos anos. Ao escolher camas sem cabeceira e decoração superclean, a arquiteta favoreceu futuras modificações: “Conforme o crescimento dos filhos, é possível renovar o clima trocando as cores das paredes e a roupa de cama”.

 (Célia Mari Weiss/Minha Casa)

º Por enquanto, os toques de cor e de alegria ficam por conta dos acessórios infantis e das colchas de sarja estampada, feitas sob encomenda.
º Um único criado-mudo, bem amplo (90 x 45 x 60 cm), foi fixado na parede entre as camas. “Elevado, o móvel deixa um vão na parte inferior para guardar caixas. Assim, também se previne aquele espacinho entre a peça e o rodapé, onde miudezas adoram cair.”
º Também suspenso, o módulo quadriculado se mostra uma charmosa ideia de organização.
Criado-mudo e módulo com nichos
De MDF. Marcenaria Juliani

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s