Apê na praia: espaços integrados destacam o projeto

Marcenaria planejada e integração de ambientes solucionam problema de planta assimétrica

Adquirido em 2009, o apartamento da década de 1990, dentro de um condomínio, era escuro e sem graça. “Compramos, usamos durante duas semanas no verão e decidimos encarar a reforma”, conta Tânia Caldas. Finda a alta temporada, quando obras são proibidas no prédio, a arquiteta Gina de Paulo, do Idea Estúdio, recebeu as chaves e carta branca para agir. “Tudo veio abaixo, até uma das esquadrias externas, substituída por outra semelhante”, diz, relatando os quase cinco meses de trabalhos. Com mais um banheiro e cozinha integrada à sala, o imóvel de sessenta metros quadrados tornou-se funcional e preparado para receber parentes e amigos – e agora reflete a alegria dos encontros.

Áreas unidas são a alma do apê

º A assimetria dificultava o aproveitamento da sala, questão resolvida quando a parede da cozinha saiu de cena. “Como não tem empregados, o casal queria um ambiente gostoso de usar”, explica Gina. O resultado agradou, como evidencia Tânia: “Me animei a testar receitas, e as crianças já nem querem comer fora!”.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º O piso único, de porcelanato branco, clareia e facilita a limpeza. “Apartamento de praia é feito para que se usufrua a vida lá fora, sem preocupações”, argumenta a proprietária.

 (Arquivo Pessoal/Divulgação)

º A 1,20 m do chão, uma faixa de espelho 4 mm (3,20 x 0,50 m) percorre o ambiente (Ávila Móveis e Acessórios).

Porcelanato

58 m² de Simplesmente branco, 60 x 60 cm, acetinado. Portobello Shop

Paredes da cor do mar espantam a monotonia

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Pertencente à classe das tonalidades frias, o turquesa (que está na moda!) traz em sua composição boa dose de pigmentos verdes e azuis, mix super-relaxante. Para a sala – e também para o quarto dos filhos -, a arquiteta sugeriu o tom Synergy (ref. SW 6938, da Sherwin-Williams), encampado por Tânia.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º A TV foi instalada no painel de MDF branco (1,10 x 1,30 m), fixado atrás do rack com porta de vidro, adquirido pronto (fora de linha).

º Os bancos de freijó que acompanham a mesa de jantar (fora de catálogo) foram desenhados por Gina com inspiração nas banquetas rústicas usadas em canteiros de obras.

º A esquadria da varanda abria parcialmente. Feita sob medida, a atual versão articulada escancara o vão de 2,50 x 2,10 m e conecta o interior à paisagem. “Por fora, a porta é idêntica à anterior, seguindo a fachada do prédio”, comenta a profissional.

Bancos de freijó

Medem 40 cm de profundidade e 45 cm de altura. Dois têm 50 cm de largura e o outro, 1,20 m. MH Marcenaria

Luminárias

Na cozinha, duas peças SL 662 2A (58 x 20 x 13 cm*), da Tyg; na sala, três plafons 11790 (32,5 x 32,5 x 11,5 cm), da New Line. Yamamura

Questão de derrubar e erguer alvenarias

 (Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

º A cozinha era pequena e não tinha janelas, mas um bom quebra-quebra resolveu a questão: de um lado, desapareceram os limites com a lavanderia (1) e o banheiro de empregada (2); de outro, foi abaixo a divisória com a sala (3), fazendo nascer uma ala social multiúso.

º Com quase 5 m², o banheiro principal partiu-se em dois. Um deles virou suíte, enquanto o outro manteve a porta original para o corredor.

Solução de ouro: a lava e seca fica sob a bancada do tanque

 (Arquivo Pessoal/Divulgação)

º Os armários da cozinha foram projetados pela profissional, que especificou como material dominante o MDF revestido de laminado branco brilhante. De modo a incrementar a marcenaria, há prateleiras de teca e portas superiores de vidro branco basculantes ou de correr.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Quando a divisória entre cozinha e sala foi ao chão, ficou aparente o desnível de 10 cm no teto – só o primeiro ambiente tem rebaixo de gesso. Aproveitou-se, então, para passar a fiação elétrica e deixar a borda do forro pronta para receber lâmpadas fluorescentes, ainda não instaladas.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º No acesso ao estar, um nicho (12 x 5 x 30 cm) abriga o porteiro eletrônico. A ideia, conta Gina, surgiu durante a obra: “Quem passava por ali derrubava o fone”.

 (Arquivo Pessoal/Divulgação)

º Transferida para junto da janela, a bancada da pia é dona de um frontão de 30 cm e tem como matéria-prima o mesmo porcelanato do piso, porém na versão brilhante.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Note que tanto o grande módulo suspenso sobre a bancada do cooktop – 3,26 x 0,42 x 0,58 m – quanto a estrutura que abraça os eletrodomésticos ficam descolados do teto. O vão, de 13 cm de altura, facilita a manutenção no caso de uma eventual infiltração vinda do apartamento de cima.

º Além da geladeira e dos fornos, a caixa de marcenaria (0,85 x 0,81 x 2,10 m) oferece módulos aéreos com portas basculantes, gavetões inferiores e nichos abertos. Esses últimos, mais que exibir elementos decorativos, têm como função disfarçar um pilar que sobrou da demolição do banheirinho e não podia ser removido.

º O canto antes ocupado pelo banheiro de serviço hoje é palco de uma lavanderia ultracompacta: sob a bancada do tanque (1,15 x 0,67 m), basta uma máquina lava e seca.

º Repare no piso diante da geladeira: pastilhas foscas e brilhantes compõem uma faixa de 30 cm de largura. As pecinhas de 5 cm são de porcelanato e foram cortadas e montadas (no formato 30 x 30 cm) pela Portobello Shop sob encomenda.

Geladeira

Do tipo side by side, Ative BRS62C, 560 litros, da Brastemp (0,91 x 0,75 x 1,76 m). Magazine Luiza

Existem dois banheiros no lugar de um, cada qual com sua cor

 (Arquivo Pessoal/Divulgação)

º Um tom semelhante ao da sala deu conta do recado no banheiro compartilhado pelos filhos. O revestimento de pastilhas (Colortil) combina o turquesa CM51, usado no boxe e atrás da pia, com o branco, reservado à meia-parede de 1 m de altura.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Para sua suíte, Tânia fez questão de um tom rosado, obtido com o mosaico de cor H15, do mesmo fabricante. A paginação se repete.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Abaixo de cada uma das pias, uma prateleira de vidro temperado 15 mm (80 x 40 cm) abre espaço para toalhas e não pesa no visual.

Pastilhas de vidro

Nos tons turquesa CM51, rosado H15 e branco CM80, da Colortil. Mosaico & Cia.

 Bancadas

De mármore sintético branco prime (80 x 60 cm), com frontão e lateral de 20 cm, além de saia de 10 cm. Marmoraria Massaguaçu, as duas peças mais a soleira da varanda

Cubas de apoio

L155, com 35 cm de diâmetro, da Deca. C&C

Torneiras

Misturador de mesa monocomando, com bica alta, da linha Link, da Deca. C&C

Romântico, sim, mas livre de excessos

º Um painel de MDF branco (3,40 x 1,10 m), arrematado por um friso, suaviza a presença da tinta Sensitive Tint (SW 6267, da Sherwin-Williams) na porção mais alta da parede da cabeceira.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Logo acima desse barrado, um nicho triplo (1,60 x 0,50 m), com 7 cm de profundidade, deixa à vista miudezas e porta-retratos coloridos. “Como ele foi escavado na alvenaria, não desperdiça 1 cm sequer”, enfatiza a arquiteta.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Restou uma passagem de 60 cm entre a cama e o armário (1,80 x 0,60 x 2,50 m), motivo pelo qual este recebeu portas de correr. Na outra lateral do ambiente, a mesa (1 x 0,50 x 0,64 m) apoia objetos e vira canto de trabalho quando o marido ou a mulher precisa usar o computador. Sob o móvel, o gaveteiro com rodízios pode ser facilmente deslocado.

º Temerosa de que o rosa tão adorado pela proprietária tornasse o quarto do casal feminino demais, Gina deu a sugestão de equilibrar o tom com acessórios cinza-azulados. E assim mereceram destaque na cama as almofadas confeccionadas com tecidos floral e listrado (padrões fora de linha).

Edredom

Tamanho queen size, 100% algodão. M. Martan

Território aproveitado de cima a baixo

 (Arquivo Pessoal/Divulgação)

º Antes, o ambiente propiciava lugar para quatro pessoas, no entanto, quase não dispunha de área de circulação. Ao planejar móveis em L e embutir o guarda-roupa na parede oposta à do beliche, descartou-se o problema. “Como os quatro filhos dificilmente vêm juntos, bastou o beliche com uma cama auxiliar”, declara a moradora.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Sob o leito mais alto, suspenso a 1,60 m do chão, um extenso baú armazena jogos e brinquedos, enquanto os gavetões (junto da escada) ficam reservados aos pertences dos convidados.

º As duas camas de baixo são móveis, recurso que facilita a limpeza. Elas deslizam nos trilhos paralelos fixados na face do baú de brinquedos.

 (Edu Castello/Minha Casa)

º Uma das superfícies tingidas de turquesa repete o painel branco do outro quarto. Tem 1,05 m de altura e, acima dele, a parede embutiu um módulo de 0,95 x 1,25 m. É em seus cinco nichos, de tamanhos e formatos variados, que a meninada concentra seus mimos.

Marcenaria

Armários, painéis e móveis dos quartos; painel da TV; e toda a cozinha. Ávila Móveis e Acessórios

Escada

Modelo cromado tubular em arco, com 30,5 cm de largura e 1,61 m de altura. Cofemobile Acessórios para Móveis

Pufe

Criativo Kombi retrô (45 x 45 x 45 cm), com recheio de flocos de isopor e capa lavável. Monky Design

Almofadas

Medem 45 x 45 cm: três lisas Pantone e uma quadriculada Relax Pantone. Monky Design

*largura x profundidade x altura.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s