Conforto para quatro em 66m²

A distribuição inteligente integra toda a ala social (muito bem setorizada) no térreo e reserva um andar inteiro aos dormitórios e banheiro da família

Morar em casa é uma delícia e pode trazer muita qualidade de vida! Com essa proposta, a NS Construtora e Incorporadora, do Grupo Rezek, projetou um conjunto de sobrados em Santana do Parnaíba, SP. A decoração do imóvel modelo, claro, também carrega essa premissa: “Quis refletir o espírito do condomínio, idealizado para quem busca tranquilidade e comodidade. A inexistência de paredes na ala social colaborou para proporcionar a sensação de amplitude, luminosidade e leveza, reforçada pelo uso de cores doces e alegres”, diz a designer de interiores Paula Gambier, que montou o decorado para um casal com dois filhos.

União eficiente e inteligente

• A ausência de paredes entre os espaços sociais exigiu um certo jogo de cintura da profissional para que os ambientes ficassem bem delimitados. O sofá e a mesa de jantar são os responsáveis por essas marcações. “Atrás do estofado posicionei também um banco de madeira, que cumpre função de aparador, fazendo a transição para o jantar e cozinha”, justifica Paula.

• A ambientação de tons clarinhos é aquecida por painéis e alguns móveis em tonalidade natural de madeira, além de pontos mais fortes de cor.

• O pequeno lavabo sob a escada ganhou destaque com a pintura delicada (Azul Oxford, ref. 10BB 40/090, da Coral. FC Tintas , R$ 50,73 a latinha de 800 ml) – como trata-se de um banheiro de visitas, a cor foi pinçada da paleta da ala social. Placas de espelho, acompanhando o recorte do cômodo, ampliam visualmente a área de 1,65 m².

O visual antiguinho dá a graça

• Fugindo dos móveis brancos modulados, normalmente escolhidos para mobiliar a cozinha, Paula projetou uma marcenaria azul-clarinha, com traços retrô. Nas paredes, os azulejos inspirados nos tiles que revestem os metrôs europeus fazem o casamento perfeito, reforçando o estilo.

• No centro do espaço, a mesa oval de madeira é acompanhada por cadeiras com encosto cruzado e acabamento patinado. O destaque fica por conta do trio de pendentes vermelhos.

• “Usamos o piso frio em toda a parte social por causa de sua praticidade e como elemento de integração, necessário devido à falta de divisórias de ambientes”, explica a designer.

• O bom aproveitamento da planta permitiu alocar a máquina lava e seca dentro da cozinha, perto da saída para a lavanderia. “Assim, deixamos o equipamento protegido – já que ficaria em área aberta –, sem comprometer a decoração”, diz.

Layout bem trabalhado

• No térreo, apenas o lavabo e a lavanderia são isolados por paredes de alvenaria.

• A disposição dos móveis foi pensada de modo a deixar livres duas áreas de passagem laterais: a de entrada (1) e a que leva à escada de acesso ao andar superior (2).

Recursos simples e certeiros

• Para a parede atrás da cama, Paula apostou em uma solução fácil de copiar e de belo efeito visual: um painel de madeira com altura de 1,25 m a partir do piso vai preso à alvenaria, funcionando como cabeceira. Desse elemento para cima, a superfície é preenchida com espelho. “Assim, é possível despertar a sensação de amplitude e de leveza no cômodo”, justifica a profissional.

• Brincando com a assimetria, ela escalou dois criados-mudos diferentes e repetiu a dose na seleção dos abajures – um se apoia na mesinha e o outro é fixo na cabeceira. “O contraste de volumes, estilos e cores foi peça-chave para a composição do ambiente e serve para demonstrar que é possível respeitar os gostos e necessidades de cada morador sem que haja um conflito na decoração”, defende a moça.

• Ao pé da cama, o painel que sustenta a TV é integrado a um aparador com gavetas.

• No banheiro da família, o mesmo modelo de azulejo da cozinha foi aplicado dentro da área de banho. “Aqui, os tiles em preto reafirmam o ar retrô, mas com uma dose de modernidade”, fala a designer. O espelho atrás da bancada ultrapassa os limites da pia e se estende até o boxe.

Confira como ficou o quarto das crianças -> http://bit.ly/2bZp0WV

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s