5 dicas para destacar o branco na decoração

Os minimalistas que o digam: não é preciso encher de cor para se destacar. O branco, quando bem trabalhado, ganha notoriedade, como neste projeto

1 Neutro sem cair na monotonia 

Abusar do branco pode cansar, claro, mas com um bom projeto dá para evitar essa situação. Aqui, a arquiteta  Cyntia Sabat acertou ao inserir alguns elementos enriquecedores. Na parede do fundo da sala de jantar, o painel superior exibe uma estampa discreta. “Os moradores amam viajar, então fizemos uma plotagem com os nomes das cidades já visitadas e as mais desejadas”, conta. A alvenaria atrás da TV também recebeu tons muito clarinhos, mas as listras do papel de parede fazem toda a diferença.

2 Pontos marcantes

Em meio ao branco e à madeira, o bufê azul captura o olhar, assim como a poltrona de estofado listrado – as cores dela foram pinçadas para os objetos decorativos, amarrando bem a comunicação dos ambientes integrados. “A ideia foi aplicar cores vibrantes somente em pontos específicos. Dessa forma, as partes que precisam de destaque e estão em tonalidades claras, como a estampa da plotagem, não têm seu brilho roubado por uma explosão de tons”, afirma Cyntia.

3 Marcenaria no capricho

A parede do fundo do jantar ganhou uma estante com nichos  que vão do piso ao teto. Da peça, feita sob medida, parte um painel branco que reveste a meia parede, se estendendo até a vizinha.

4 Iluminação que destaca

No interior de cada nicho da estante vão dois LEDs tamanho míni, valorizando os objetos. O mesmo recurso é usado no teto, com os focos direcionados para a parede estampada. No estar, a proposta foi usar sancas de gesso que criam rasgos no teto e em colunas laterais com luz indireta proveniente de mangueiras, também de LED.

5 Materiais em harmonia

A composição de móveis do jantar une a leveza do tampo de vidro com o brilho das bases metálicas. Pensando em aquecer a ambientação, as cadeiras são estofadas. “Optamos por esses materiais em detrimento de um conjunto amadeirado pois já há muita marcenaria no espaço, além do piso ser bastante chamativo”, justifica a arquiteta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s