Faça você mesmo um pufe ecológico de pneu descartado

Sabe aquele pneu careca que certamente iria para o lixo? É possível reaproveitá-lo, conquistando uma opção de assento para a casa.

VOCÊ VAI PRECISAR DE:

 ❚ Pneu ❚ MDF de 6 mm cortado em dois discos com 55 cm de diâmetro ❚ Seis parafusos ❚ Furadeira com broca do tamanho do corpo do parafuso ❚ Chave de fenda ou Phillips ❚ Pistola de cola quente e dois pacotes com seis tubos de cola cada ❚ 5 kg de corda de sisal natural torcida de 10 mm ❚ Pano, tesoura e pincel ❚ Seladora Concentrada, da Sayerlack (900 ml)           Fotos Luis Gomes

1. Antes de iniciar, limpe o pneu com um pano seco – se estiver muito sujo, lave e espere secar completamente. Ponha uma das bolachas de MDF sobre ele e, usando a furadeira, faça três aberturas em pontos espaçados da borda, profundas o suficiente para atravessar a borracha.

2. Dependendo do parafuso escolhido, utilize uma chave Phillips (para cabeças em X) ou de fenda (para formatos retos) e aperte até nivelar com a madeira. Faça o mesmo nos demais furos e repita os passos 1 e 2 do outro lado do pneu.

3. O trabalho deve começar pelo centro da circunferência para que se obtenha um acabamento perfeito. Com a pistola de cola quente, aplique a cola na madeira e fixe uma das extremidades do sisal.                                                                            Fotos Luis Gomes

4. Pressione a ponta para aderir bem e, em torno dela, enrole a corda com movimentos em caracol, sempre passando mais cola antes de cada volta e apertando para firmar bem.

5. Quando terminar de cobrir a superfície de madeira, injete a cola na borda do disco e na borracha, para certificar-se de que esse encontro ficará bem escondido pelo sisal.

6. Vire o pneu de cabeça para baixo e continue revestindo-o no sentido da corda, agora contornando toda a lateral até chegar à borda do disco de MDF.                                                  

Fotos Luis Gomes

Dicas:

O trabalho fica mais fácil se realizado em dupla: enquanto um aplica a cola, o outro vai fixando o sisal. Outra dica valiosa é manter o olho na corda durante a colocação para evitar que a parte que ainda não foi enrolada crie nós. Isso porque, se for preciso cortá-la e emendá-la, o acabamento poderá não ficar uniforme. Por fim, seja generoso na aplicação da seladora, responsável pelo conforto de quem se senta no pufe. Duas demãos do produto abaixam os fiapos de sisal que poderiam pinicar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s