Reforma faz sobrado se transformar em morada dos sonhos

Após a ampla repaginação que durou sete meses, o imóvel de 120 m2 ficou mais claro, ventilado e espaçoso

Foram dois anos até encontrar a segura casa de vila que respondia aos anseios da publicitária Leila Raso, de São Paulo. “Um dos requisitos era acolher meu ateliê de cerâmica”, revela. “E o Douglas me garantiu que isso seria possível”, conta, referindo-se ao arquiteto Douglas Honma, a quem confiou a reforma. “Sem nenhum luxo, obtivemos personalidade, com destaque para o tijolo aparente que aquece a sala. Esse material muda o ambiente”, diz o profissional. A moradora participou de cada decisão. “Instintivamente, desejei o equilíbrio dos quatro elementos: além da terra dos tijolos, há uma fonte de água, fogo de chão no quintal e ar circulando por janelões e degraus vazados”, aponta Leila. “Conquistei um refúgio repositor de energia. É para isso que serve um lar.”
Paredes derrubadas e escada vazada deixam o visual mais leve

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• A proprietária quis evitar o gasto, mas acabou substituindo a escada. “Ela era pesadona. Agora tem estrutura metálica, guarda-corpo de vidro e degraus de madeira, do jeito que eu queria.” Inteiramente executado pelos profissionais da equipe do arquiteto Douglas Honma
• Um jardim de pedriscos ocupou o vão sob os degraus. A turma da obra recortou a área, rebaixou o contrapiso, impermeabilizou a laje e espalhou 120 kg de pedrinhas no espaço de cerca de 1 x 1,70 m. Na junção do jardim com o piso laminado, em vez de as réguas ficarem flutuantes, foram coladas na base, evitando a entrada de pó. “Esse procedimento não consta no manual de instalação, por isso pede a assinatura de um termo de responsabilidade”, alerta o arquiteto.
• Sai o revestimento de pedra mineira, entram o painel de réguas de cumaru (10 cm) e os móveis suspensos nas paredes. Por esse conjunto, a moradora pagou à Emiliano Marcenaria, que fez todo o mobiliário fixo da casa, exceto a cozinha.
Piso laminado
O padrão Eucafloor Prime Cappuccino cobriu 35 m2 do térreo. Carpet Express
Tapete
Modelo Hathras, de algodão (60 x 90 cm). Cinerama
No térreo, há 58 m² cobertos

(Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

• De comprimento originalmente generoso – 4,70 m -, a cozinha cedeu 1 m (1) para a inclusão de um lavabo ao lado da escada.
• A parede entre a cozinha e a sala de jantar (2) foi ao chão. Em seu lugar, construiu-se um balcão em U, todo de tijolos, que esconde um armário para utensílios.
• Na edícula, o antigo quarto roubou 60 cm² do banheirinho de empregada (3) para conseguir acomodar o forno de alta temperatura do ateliê de cerâmica.
Tijolos aparentes trazem personalidade e acolhimento à sala

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• A faixa de 9,70 m de parede descascada sobressai ainda mais com a iluminação pontual. “Quando se coloca uma luz concentrada bem perto, cria-se um jogo de luz e sombra que valoriza a textura natural”, avalia Douglas. O efeito agradável resultou de cálculos precisos. O trecho pintado tem 1,48 m de altura, a faixa de tijolos mede 0,84 m, e as arandelas foram fixadas de modo a lançar a luz a 1,90 m do chão. “Assim, o foco é centralizado. E os tijolos aparecem na altura dos olhos de uma pessoa em pé, como se compusessem um enorme quadro.”

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Antes de iniciar a quebradeira, Leila já sabia quanto gastaria na obra, pois fechara com o arquiteto um contrato que incluía projeto, administração, equipe e boa parte dos materiais.. Ficaram de fora apenas pintura, marcenaria e jardim. “No começo do processo, eu confiro com o cliente os acabamentos de que ele gosta, mas deixo para comprar os produtos somente na hora de instalar”, explica Douglas.
Tintas internas
E material de pintura. Super Tintas
Tapete de sisal
Com borda de couro sintético. Só Tapetes
Cadeiras
De cumaru e couro natural, modelo Donna. Fernando Jaeger
Lustre oval
Kida, de papel de seda e arame (33 x 61 cm). Tok & Stok
Sofá (três lugares)
O Cayman, de linho, mede 2,20 x 0,90 m. Originalle
Capa de almofada
De tafetá bordado. Doural
Parte da cozinha rendeu um lavabo

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• “Quis um ambiente planejado, com amortecimento em portas e gavetas”, conta a moradora, que dispensou gavetões aramados.

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• O velho armário azul da cozinha deu lugar ao lavabo, que tem uma parede verde (acrílico fosco Suvinil, ref. M099) e cuba de cerâmica feita por Leila e sua mestra. Como não há janelas, adotou-se um sistema de ventilação forçada (Ventokit Classic 80, da Westaflex,  C&C).
• “As paredes da casa estavam muito irregulares”, diz o pintor Nilton Novaes, que usou sete latas de massa corrida sob a tinta.
Tampo do balcão
É uma bela prancha de teca. Emiliano Marcenaria
Coifa de inox
Slider (90 cm), da Cata. Comprafacil.com
Bandeja verde
De plástico. Oren
Bancada da pia
De granito branco saara. Athenné
Torneira do lavabo
Modelo para jardim, da Deca. C&C
Móbile de elefantes
Katmandu Papeleira C&C
Espaço de lazer no quintal e no ateliê de cerâmica
• A possibilidade de transformar a edícula em ateliê levou à aquisição do imóvel. “No futuro, quero trabalhar com cerâmica”, afirma Leila.

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Na lavanderia aberta, uma chapa metálica esmaltada (0,55 x 1,70 m) esconde lavadora e tanque. Um armário grande (1,40 x 0,40 x 2,35 m*) organiza os utensílios.
• O piso do quintal foi rebaixado em 12 cm para acomodar pedrinhas e uma espécie de lareira subterrânea (30 x 30 cm)com paredes de tijolos.
• O jardim é composto de grama-preta, pedriscos, delimitadores, cascas de árvore e orquídeas-bambu (cerca de R$ 600 no Uemura). “Pedi entregadores que tivessem noção de jardinagem. Em três horas, a dupla montou o canto sob a minha coordenação”, relata a moradora.
Textura
Fachada e fundos exibem Grancal mostarda, linha Novitá, da Granilita. Na loja da marca, R$ 824 (com seladora e frete)
Porta de correr
De alumínio branco. Esquadralum
Escritório dispõe de estrutura para acomodar hóspedes
• No andar de cima, havia tacos em bom estado, que foram restaurados pelos operários por R$ 1 365 (raspagem e aplicação de resina em 35 m2).
Janela de madeira
Com venezianas pantográficas e duas folhas. Madel
Sofá
Neo, de sarja (1,35 x 0,85 x 0,65 m). Etna
Móvel multiúso
É mesa de computador e estante. Emiliano Marcenaria
Luminária
Tok & Stok
Superior aposta no conforto

(Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

• “A casa antiga, de 35 anos, contava com dormitórios grandes, mas falhava por ter só um banheiro”, destaca o arquiteto, que tratou de fazer duas suítes.
• No espaçoso escritório/quarto de hóspedes (1), há boa área livre mesmo após a perda de parte da largura para o banheiro.
• O quarto principal (2) cedeu 1,65 m de sua extensão aos ambientes que ladeiam a entrada: o closet e a sala de banho. Repare que o corpo de MDF do closet (3) atua como divisória, dispensando paredes.
Truques de marcenaria resolvem a suíte principal

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Parte do quarto virou um closet de MDF, fechado por duas portas de correr. Uma área de circulação com 90 cm de largura une dois módulos de 1,86 x 0,55 x 2,40 m, encomendados à Emiliano Marcenaria.

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• A cabeceira da cama (2,75 x 1,10 m) tem uma leve inclinação, ideal na hora da leitura. Feita de MDF com acabamento branco, embutiu a fiação elétrica, o que evitou rasgos na parede. Com os criados-mudos (Emiliano).
• Uma chapa de vidro integra visualmente o quarto à sala de banho.
Porta-travesseiro
Modelo de patchwork, feito de tecido de algodão (48 x 68 cm). Cinerama
Fronha verde
De malha de algodão.Cinerama
Manta lisa
De acrílico, é perfeita para noites frescas (1,25 x 1,50 m). Cinerama
Moringa
Modelo Libra, de vidro. Oren
Poltrona e pufe
Colocados aos pés da cama, vieram do endereço anterior e estão fora de linha
Banheiro delicado e com ofurô

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Antes escuro, agora o ambiente recebe a luz que entra por um rasgo na laje (1 m2) coberto com telhas de vidro.

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Para ventilar o banheiro, Douglas preservou a janela original, com vidros basculantes, que fica a 4,50 m do chão – uma haste aciona a abertura.
• Na atualização da hidráulica, as pias ganharam água quente, que corre em tubulação adequada a altas temperaturas. São 45 m de tubos 22 mm Aquatherm, da Tigre.

(Salvador Cordaro/Minha Casa)

• Para economizar, os azulejos limitam-se ao boxe. O rodapé alto, de 20 cm, previne danos na pintura das demais paredes em caso de acidente.
Porcelanato
Cobre o piso de todos os banheiros, totalizando 22,70 m2. Padrão Forma, branco-acetinado, da Eliane. C&C
Pastilhas verdes
Três telas (30 x 30 cm) da Colormix, ref. B37. Dicico
Bacia com caixa
Modelo Eco, da Celite. C&C
Espelho dupla face
Da Brinox. Doural
Ofurô de fibra de vidro
Foi adquirido de um fornecedor que fechou

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s