Salas integradas à varanda marcam o projeto deste apê de 60 m²

O estilo de vida do morador pautou toda a mudança do layout. Derrubada da porta do terraço estendeu a ala social para as visitas

Repensar a planta foi o ponto de partida do trabalho de Camila Benegas e Paula Motta, do escritório paulistano Casa 2 Arquitetos, para adequar o projeto à rotina de um jovem administrador. “Ele fica fora o dia inteiro e pediu um apê prático e confortável para receber as visitas”, conta Camila. Foi em função desse gosto que a dupla sugeriu valorizar o social, integrando e ocupando a varanda, e isolar o quarto, erguendo uma parede. Agora, festa e descanso não têm hora, mas têm lugar certo.

Uma área, diversas funções

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Para unir os cômodos, bastou retirar as esquadrias da varanda, porém o contrapiso teve de ser refeito a fim de nivelar o chão. Assim, estar, jantar, canto de leitura e bar dividem a mesma área. E não é só isso!

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Reparou na estrutura ripada atrás das cadeiras? São portas que, quando abertas, descortinam uma lavanderia completa, com tanque, lavadora, armários e varal.

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

O mesmo recurso foi usado do outro lado do terraço: a caixa condensadora do ar-condicionado fica camuflada.

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

A decoração é marcada pela neutralidade, mas ganha vida com inserções de cores fortes. “Como o imóvel é pequeno, os tons claros conferem leveza. Já o azul e o laranja dão bossa e podem facilmente sair de cena se cansarem”, diz Camila. O arranjo de quadros assimétricos do sofá fala da personalidade e dos gostos do morador. “Ele adora o Pelé, o Santos e música. A composição não é nada convencional e mistura pôster, foto, gravura… A unidade vem com o mesmo tipo de moldura”, afirma Camila.

Separação amigável e inteligente

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Para organizar a ala social e ganhar espaço de armazenamento, a cozinha americana tem um balcão multiúso.  “Ele serve de apoio para o cozinheiro, demarca os ambientes e é dotado de armários”, explica Camila. “Optamos pelo tampo e lateral de granito preto são gabriel para dar melhor acabamento e mais resistência. E ainda embutimos ali a adega do morador a fim de fazer a circulação fluir melhor na sala”, completa Paula.

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Na parede acima da pia, foram aplicados azulejos pretos (Metro Black, de 20 x 10 cm, da Eliane. C&C, R$ 55,90 o m²), os mesmos que vestem a lavanderia. Esse revestimento dá um aspecto sofisticado e é prático na hora da limpeza.

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Para quebrar a sisudez do conjunto, um toque sutil de cor: sobre a bancada, a iluminação se dá com pendentes de fios e soquetes verdes com lâmpadas aparentes.

Abre aqui, fecha ali   

 (Ilustração Alice Campoy/Minha Casa)

Tudo começou com a retirada de parte das portas de correr (1) que separavam a varanda da sala – no trecho do quarto, a folha dupla foi preservada (2). Uma divisória em L (3) e a instalação de uma porta (4) fizeram surgir a suíte.   Com pouco mais de 1 m², a lavanderia (5) ocupa um dente da alvenaria do terraço.

Privacidade total para o morador

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

Entregue pela construtora, o closet, que forma um corredor para o banheiro, foi mantido. “Além de ser prático e ocupar o mesmo espaço de um guarda-roupa comprado pronto, o limite do móvel determinou a extensão da nova parede, erguida com a proposta de criar uma suíte isolada”, diz Camila. A divisória de drywall garantiu o desejado isolamento da área.

 (Carlos Piratininga/Minha Casa)

 A paleta neutra também predomina nesse cômodo. “O cinza entra fortemente, em tom mais escuro, para reforçar a sensação de aconchego”, justifica Paula. Feita sob medida, a cabeceira de MDF com acabamento em laca fosca foi dividida em três partes para facilitar o transporte da peça – as separações não são aleatórias e funcionam para organizar a posição da cama e suas laterais. E, assim como na ala social, as cores vibrantes permeiam a composição (sobre a mesinha amarela, abajur Bella, de 40 W. Sergon, R$ 243).

*Preços pesquisados em 23 de agosto de 2017, sujeitos a alteração.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s