Sete jeitos charmosos de decorar o canto do sofá

Nossa seleção oferece inspiração de sobra para valorizar a sala, combinando o estofado com quadros, iluminação e outros elementos

O estofado é sempre a estrela da sala de estar ou de TV, mas não basta investir nesse protagonista tão convidativo sem caprichar nos coadjuvantes – a harmonia entre tapete, quadros, revestimentos, apoios laterais, mesa de centro e iluminação ajuda muito a valorizar as linhas de qualquer modelo. Confira, a seguir, espaços nos mais variados estilos: eles são muito bem resolvidos e vêm acompanhados de dicas espertas.

Espelho + iluminação

No projeto das arquitetas Elise e Evelyn Drummond, do Rio de Janeiro, a luminária pendente articulável e as lâmpadas dicroicas embutidas no forro oferecem diferentes efeitos de luz, devidamente refletidos pelo generoso espelho, recurso certeiro quando a intenção é ampliar visualmente o espaço. Instaladas pela Vidraçaria Rio Paiva, as duas peças com espessura de 6 mm somam 2,94 m x 1,70 m. Uma estreita prateleira laqueada de branco, com 10 cm de largura, arremata o painel e serve de apoio para quadros. As profissionais também escolheram materiais capazes de aquecer o ambiente, como o tapete felpudo e o laminado melamínico amadeirado, que reveste o trecho inferior da parede.

Cortina + Quadros 

Foto Carlos Piratininga

Um leve tecido de linho cru divide sala e terraço no apartamento decorado (Diálogo Engenharia) assinado pela arquiteta Renata Cáfaro, em São Caetano do Sul, SP. Classudo, o mix de bege, marrom e branco é comum aos dois ambientes. Sobre o sofá, spots de embutir no teto, com lâmpadas dicroicas, direcionam a iluminação para a foto de Paris, separada em três quadros com molduras brancas de 60 x 90 cm cada (Mariana Orsi). Um tapete de sisal vai sobre o piso de porcelanato, que simula o visual do mármore travertino. O pufe tem tripla função: chaise, mesinha de apoio e assento extra.

Almofadas + adesivos

Foto Ucha Aratangy

O sofá revestido de camurça cor de café teve a sisudez quebrada pelas almofadas com diferentes estampas coloridas. Atrás dele, delicadas folhas secas ao vento decoram a parede (o adesivo Gameleira, disponível em oito cores, na Grudado). As intervenções pontuais e de efeito levam a assinatura da designer de interiores paulistana Ana Maria Mouawad Queiroga, do Studio da Ana. No canto, diante do espelho, a mesa lateral recebe o facho de luz do pendente branco – fixada a 80 cm do teto, a peça usa lâmpada incandescente leitosa, que proporciona uma atmosfera para lá de aconchegante.

Prateleira + adornos 

Foto Eduardo Aigner

Para expor seus objetos preferidos, a administradora Viviane Gullo, de Brasília, investiu em uma prateleira de gesso, com 30 cm de profundidade, logo acima do encosto do sofá – a peça, com estrutura interna de ferro, foi chumbada em um recorte na alvenaria. Ali repousa sua coleção de estatuetas e um dos quadros mais queridos. Fixada no teto, a luminária teve a cúpula customizada pela moradora com tecido cor-de-rosa, tom que realça a cor da parede. Sobre o tapete felpudo, a mesinha de centro, que era preta, foi lixada para exibir a estrutura de freijó.

Sofá + balcão

Foto Carlos Piratininga

Em seu apartamento de 60 m² com cozinha integrada, o arquiteto Daniel Tesser, de São Paulo, ganhou mais espaço encostando o sofá na meia parede que isola as áreas. O tampo de madeira do balcão se prolonga, formando uma estreita prateleira acima do estofado. Ao lado, ficam as banquetas altas Classic Preta Belfix, compradas na Loja Casa by Mobly. Pendentes de inox reforçam a atmosfera contemporânea do projeto.

Sofá + estampas

Foto Luis Gomes

Misturar desenhos? Claro que pode! O truque é eleger um ponto de partida que torne o conjunto harmonioso. Na sala de estar criada pelo arquiteto Joel Mendes, de São Paulo, a paleta de cores – bege, caramelo, cinza-azulado e azul-claro – dá liga entre os vários padrões. Sobre o sofá neutro, da mesma tonalidade do quadro, almofadas de identidades bem diferentes convivem harmoniosamente com as listras que cobrem a manta, o tapete e a leve cortina de voal. De alumínio, a luminária fininha de piso dribla a falta de espaço entre o sofá e a janela.

Quadros + cor

Foto Cris Komesu

O alinhamento das telas, simples e eficiente, é o segredo do arranjo feito pela jornalista Cristiane Teixeira na sala de seu apartamento, em São Paulo. Repare que as quatro molduras, de mesmas medidas, acompanham os limites do encosto do estofado, encapado com sarja peletizada. A parede vermelha faz o conjunto sobressair. Na lateral, um vaso baixinho de bromélia é acompanhado pela luminária de pé Haste (Tok Stok) – basta movimentá-la para transformar a iluminação indireta em luz de leitura. A mesa de centro em estilo retrô, com pés-palito, completa a cena.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s