Você sabe como instalar rodapé? Veja o passo a passo.

Os rodapés emolduram o piso e valorizam o ambiente. Nossa equipe aprendeu com um especialista a fixar um modelo de MDF, de 8 cm de altura.

Ao escolher o rodapé mais adequado a cada ambiente, considere primeiro o material. Os de madeira e de MDF, por exemplo, devem ficar longe de áreas úmidas – do contrário, correm o risco de mofar ou empenar. Além disso, é preciso prestar atenção à combinação com o piso. “Cerâmica e revestimentos amadeirados formam boa parceria com modelos dos mesmos materiais, e também com os de poliestireno. Já pisos vinílicos ficam bem com os versáteis rodapés de MDF”, analisa a arquiteta paulista Cristiane Dilly. Cor e tamanho dependem do gosto de cada um, mas vale anotar as dicas. “Peças altas, que estão na moda, imprimem ares modernos em qualquer espaço, assim como as brancas, ainda mais se as esquadrias forem dessa tonalidade”, aponta a expert. A instalação requer um capítulo à parte. Algumas lojas oferecem o serviço por uma taxa extra, outras indicam profissionais especializados. O preço varia conforme o perímetro do cômodo, e muitas empresas cobram um valor mínimo. Eis a boa notícia: eliminar esse gasto é possível, desde que se tenha muita disposição e um pouco de habilidade manual. O instalador Jailton de Carvalho, da Jib Floor, ensina os segredos da fixação de rodapés de MDF de até 12 cm de altura. “A técnica não muda. Porém, as barras maiores só podem ser cortadas com uma serra de meia esquadria elétrica, que custa até dez vezes mais do que a ferramenta manual que usamos aqui”, explica.

Confira as dicas do especialista para uma instalação sem tropeços

A principal recomendação de Jailton é fazer todas as medições e cortes – inclusive das peças para o acabamento  – antes de começar a fixação propriamente dita. Ainda na fase preliminar, o passo seguinte é verificar se os cortes foram executados corretamente, ou seja, se resultaram em encaixes perfeitos tanto para as quinas quanto para as emendas lineares: um ligeiro erro no ângulo é suficiente para fazer com que as barras não se juntem como o esperado! E vale reforçar que este passo a passo ensina a instalar unicamente rodapés de MDF de até 12 cm de altura. Caso faça questão de uma peça maior, a boa notícia é que já existem modelos empilháveis, pensados para serem fixados um acima do outro – e foi justamente um assim que escolhemos para ilustrar este tutorial. Apesar de cada barra ter apenas 8 cm, o resultado final pode ser um acabamento duplo, de 16 cm de altura.

Você vai precisar de:

º Trena

º Rodapé de MDF de até 12 cm de altura. Aqui, usamos o Composit da Eucatex, que tem 8 cm (Elitex a barra de 2,40 m)

º Serra de meia esquadria manual da Disma (Dutra Máquinas)

º Régua

º Lápis

º Serra manual

º Cola de contato

º Martelo

º Pregos sem cabeça

º Punção

º Massa para madeira de tonalidade próxima à do rodapé. Para esta instalação, recorremos à F12, da Viapol, na cor ipê (Tintas MC)

1. Meça o perímetro e calcule a quantidade necessária de barras e eventuais emendas.

2. Posicione uma barra em pé na serra de meia esquadria. Faça um corte em 45 graus de modo que a ponta fique na face interna, junto à parede.

3. Corte outra barra no sentido oposto.

4. Essa dupla ficará em uma quina. Repita a operação até ter peças suficientes para todos os cantos.

5. Para as emendas lineares, os cortes também são feitos com as barras em pé e em 45 graus, porém, sempre no mesmo sentido: o resultado é que, em uma delas, a ponta ficará voltada para a face interna; em outra, para a externa. 

6 e 7. Com a serra manual, faça o sulco para a saída do fio elétrico.

8. Verifique se a medida do sulco está correta para receber a fiação.

9. Depois de acomodar o fio no vão adequado, inicie a fixação do rodapé por uma das quinas. Aplique uma faixa de cola por toda a extensão da face interna da barra e fixe-a à parede.

10. Bata um preguinho a cada 30 cm.

11. Use o martelo e a punção para afundar os pregos.

12 e 13. Se optar pela instalação simples, finalize aplicando massa para madeira nas junções entre as peças e nos buraquinhos dos pregos. Caso prefira o acabamento duplo, instale o “segundo andar” do rodapé, repetindo os passos anteriores.

Para completar, só falta o arremate

No encontro de uma barra com uma guarnição ou vão de porta, e até mesmo com um ambiente sem rodapé, é preciso executar um acabamento especial. Entre os diversos métodos existentes, elegemos a chamada “moldura”, que tem visual limpo e é simples de reproduzir.

1. Leve uma barra deitada à serra de meia esquadria e faça um corte em 45 graus, de modo que a ponta fique voltada para o lado superior da peça.

2. Coloque-a junto à parede. Posicione uma segunda barra na vertical, com o lado superior alinhado com a ponta da primeira, e marque a lápis a altura em que elas se encontram.

3 e 4. Trace uma linha desde a marcação até o canto inferior dessa segunda barra. Dela resultará uma peça triangular na medida exata para o encaixe no fim do rodapé.

5. Faça o corte em 45 graus com a serra de meia esquadria.

6. A instalação da barra segue o processo descrito a partir do passo 9 do começo da matéria. Para fixar o pequeno triângulo, basta cola.

7. Finalize aplicando massa para madeira na junção entre as duas peças, em todas as emendas e nos buraquinhos dos pregos. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s