Quarto de bebê tem decoração colorida inspirada em LEGO

No quartinho do Antônio, o tema original ganha destaque com as cores vibrantes em harmonia com a acolhedora presença da madeira

Para preparar o ninho do pequeno Antônio, a engenheira de alimentos Flávia Amaral Sanino acionou a arquiteta Giuliana Fontes, melhor amiga desde a infância e madrinha de casamento. “Ela conhece meu gosto e acertou em cheio, inclusive com um orçamento enxuto”, conta. Na decoração, Giuliana explorou o tema Lego, uma paixão que Flávia divide com o marido, e soluções econômicas de grande efeito, como os adesivos da parede. “Ficou diferente dos quartos de bebê convencionais e o projeto acompanhará o Antônio por um bom tempo”, comemora a mãe.
Jogo de tons e formas

 (Luis Gomes/Minha Casa)

º Para reforçar o clima feliz, Giuliana elegeu as cores primárias, muito presentes nas pecinhas de Lego, para os detalhes marcantes. “Branco, cinza e preto entram para balancear”, diz.

 (Luis Gomes/Minha Casa)

º As paredes ganharam atenção especial: um combo de pintura + adesivos – solução barata e rápida. Em cima, a superfície é branca, onde vão colados os triângulos de vinil preto (8 x 8 cm. Gente que Adora, R$ 47,92, kit com 40), e para baixo do rodameio de madeira, o tom é Cinza Véu, da Coral (Tintas MC, R$ 91,50 o galão de 3,6 litros).

 (Luis Gomes/Minha Casa)

º Os quadros são pitadas de afeto. Da Pendurama, Yellow Submarine (R$ 80), Little Man (R$ 70) e All You Need is Love (R$ 80) são mimos de Giuliana para a amiga, que adora Beatles. Já as caixas com miniaturas e os quadrinhos com bonecos foram feitos pela irmã de Flávia, Fernanda (pela Marcenaria Lumberjills), com parte da coleção do casal.
Madeira para aquecer

 (Luis Gomes/Minha Casa)

º O pínus tem presença marcante no projeto. “Além de ser um produto ecológico e ter ótimo custo-benefício, sua tonalidade está em alta e combina com o laminado bege já existente no ambiente”, afirma a arquiteta. É dessa madeira o rodameio, a moldura dos quadrinhos com coleções de Lego, os ganchos dos porta-fraldas e a prateleira suspensa – executados pela Lumberjills. O material também é destaque na cômoda (1,32 x 0,56 x 0,80 m), peça que era da avó de Flávia. O móvel foi pintado de laca azul (Sayerlack Y079) e teve gavetas renovadas com contrafrente de pínus e puxadores em cava (Lumberjills, R$ 2 020). Para entrar no clima, o armário embutido, que já existia, recebeu puxadores em formato de bolinha, também dessa madeira.

 (Luis Gomes/Minha Casa)

º Posicionada ao lado da poltrona, a mesinha (45 x 50 cm) desenhada por Giuliana foi executada em pínus e pintada de branco, com topo em cera natural de abelha (Lumberjills, R$ 650).

*Preços pesquisados em fevereiro de 2018, sujeitos a alteração.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s