Quarto de criança combina amarelo, rosa e madeira

Compartilhado por duas irmãs cariocas, o dormitório é puro amor, caprichado nos detalhes. O espaço reflete o jeitinho doce das meninas

Quero meu quartinho com a minha cara!
Quem disse que crianças não têm o direito de palpitar em decoração? Os dois projetos que você confere nas páginas a seguir mostram que, quando elas são ouvidas, a criatividade e a graça dominam a cena. Aproveite essas ideias fofas para buscar inspiração em família. Compartilhado por duas irmãs cariocas, o dormitório é puro amor, caprichado nos detalhes. São treze metros quadrados que refletem o jeitinho doce das meninas. E foram elas que fizeram questão de dormir juntas, para garantir as brincadeiras e a companhia a qualquer hora do dia.

 (André Nazareth/Natoca)

Adoramos brincar aqui e dançar na frente do espelho”, confessam animadas as irmãs cariocas. E, por se divertirem tanto juntas, Maria Eduarda e Maria Manuela, de 8 e 6 anos, pediram para dividir o mesmo quarto. “Antes, cada uma tinha o seu próprio cantinho, mas elas sempre davam um jeito de dormir juntas”, conta a mãe, a designer de interiores Allison Cerqueira, responsável pelo projeto ao lado da sócia, Renata Fragelli. E a decoração, claro, foi feita com a supervisão das pequenas, que escolheram a paleta de cores, penduraram os objetos favoritos, cuidaram dos fru-frus e da exposição dos livros queridos nas prateleiras e nichos.

 (André Nazareth/Natoca)

º Capricho aqui é o que não falta! As bolinhas da parede foram feitas à mão pela artista plástica Giuliana Favero, do Rio de Janeiro – ela desenhou com tinta acrílica amarela Explosão de Estrela (ref.19YY 51/758) sobre o fundo clarinho Cinza de Grife (ref. 50YY 63/041), ambas da Coral. Para arrematar a composição, Allison projetou prateleiras de MDF com recortes feitos a laser no formato de babadinhos, e outras com frente de acrílico, que guardam os livros das pequenas. Todas as peças foram fixadas com suportes invisíveis.

 (André Nazareth/Natoca)

º Pensando em liberar o centro do quarto para as brincadeiras das filhas, a mãe encomendou a uma marcenaria as camas em L com cabeceira de freijó (Marcelo Doffini) e as encostou nas paredes. Um gaveteiro rosa foi encaixado entre os dois leitos para dividir os espaços e atuar como mesinha de cabeceira. Herança de família, a peça foi repaginada com laca.

º Do outro lado do cômodo, as profissionais aproveitaram o recorte incomum da alvenaria para alocar o móvel da TV e o espelho. A estante veio do antigo dormitório de Duda e passou por uma reforma: Allison incorporou uma sapateira à base do móvel
e o laqueou de amarelo (cor FL079, da Farben). O mesmo tom foi aplicado na moldura do espelho (Pérola. Mobly) e na cadeira, que funcionam como salão de beleza.

 (André Nazareth/Natoca)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s